Legislativo Canoinhense

por adm publicado 05/04/2018 14h25, última modificação 05/04/2018 14h21

 

Canoinhas foi palco de uma história turbulenta. Foi criado como Município durante a guerra do Contestado e sendo centro das atividades regionais desde a sua fundação.
Como na época foi eleito um Conselho Intendente, precursor do Legislativo como conhecemos na atualidade, a fundação da Câmara Municipal confunde-se com os primórdios do Município, semelhante ao sistema parlamentarista atual.
Apresentamos abaixo a Ata de Posse do Primeiro Conselho Intendente de Canoinhas e também a relação dos Vereadores em todas as Legislaturas, das quais possuímos registros.


ATA DA SESSÃO SOLENE DE POSSE DO CONSELHO INTENDENTE
  MUNICIPAL DO MUNICÍPIO DE  SANTA CRUZ DE CANOINHAS.

Aos seis dias do mês de Dezembro de um mil novecentos e onze, nesta vila de Santa Cruz de Canoinhas, sede do Município do mesmo nome, Estado de Santa Catarina, na sala da sociedade escolar, gentilmente cedida para esse fim, compareceram os conselheiros eleitos; Capitães, Eugenio Manoel de Souza, Anthero Alves, José Sabatk,Rodolfo Wolff Filho,faltando o conselheiro Capitão Miguel Pereira dos Santos, e o suplente Laurindo Cordeiro Bello, ambos com motivos justificados acompanhados de seleto auditório, pelas onze horas da manhã assumiu a Presidência, o conselheiro Capitão Rodolfo Wolff Filho, por ter Juramentado no  Conselho Municipal de Curitibanos o qual convidou os demais Conselheiros e suplentes a tomarem assento na mesa, o que fizeram, exibindo os seus respectivos Diplomas.

         Em ato contínuo o Presidente deferiu aos mesmos o compromisso estituido no Art 94 da Constituição do Estado, declarando acharem-se empossados dos seus respectivos cargos. Após o que; na forma presença no mesmo número II do art 75 da constituição proceder-se a eleição do Presidente, Vice-Presidente e Secretário, que deu o resultado seguinte; Para Presidente Capitão Eugenio Manoel de Souza, três votos, Anthero Alves um voto; para Vice-Presidente Miguel Pereira dos Santos, três votos, José Sabatk um voto. Em seguida o Presidente eleito assumiu a Presidência, assim como o Vice e o Secretário os seus respectivos lugares. Nomeou em seguida uma comissão composta dos conselheiros Anthero Alves e José Sabatk para darem ingresso no recinto do Sr.  Major Manoel Thomaz Vieira, superintendente deste Município, que tomou assento a direita do Presidente e depois de ter prestado o compromisso da Lei já declarada; Vossa Senhoria usou da palavra e logo pediu ao Capitão Cornélio de Lara Varella, para que interpretasse em seu nome quais bases da sua Administração na gestão dos negócios do Município.

        Dada a palavra ao Capitão Varella, este com aptidão que lhe é peculiar externou brilhantemente o modo de pensar do Major Superintendente no desempenho da alta missão que se acha investido.

        Depois ainda, dada a palavra a quem dela quisesse usar falou o Sr. Eurico Bacelar que historiou minuciosamente e com brilho o desenvolvimento de Canoinhas, desde os tempos primitivos até a atualidade salientando os feitos de Francisco de Paula Pereira, o primeiro habitante deste município. Ninguém mais querendo usar da palavra e não havendo nada mais a tratar-se o Sr Presidente DECLAROU INSTALADO ESTE MUNICÍPIO.

        E para constar mandou o Sr Presidente lavrar a presente ata em que assina com os demais conselheiros, superintendente e demais pessoas presentes.

        Eu Rodolfo Wolff Filho secretário a escrevi.

        Em tempo achava-se presente os suplentes, Lucindo José de Paula, Estanislau Schumann, Julio Eloy da Costa e Eustaquio Affonso Moreira que com os conselheiros prestaram o compromisso legal, sendo eleito secretário Rodolfo Wolff Filho com tres votos.

Eugenio Manoel de Souza    
Anthero Alves           
José Sabatk    
Rodolfo Wolff Filho 
Lucindo José de Paula          
Estanislau Schumann            
José Eloy da Costa    
Eustáquio Afonso Moreira    
Manoel Thomaz Vieira          
Arthur Baroni            
Emilio Wenth- Sub Delegado de Polícia      
João Vicente Ferreira - Juiz de Paz em Exercício    
Brasiliano Vicente Ferreira - Negociante     
João Keche    
Eurico Bacelar           
Manoel de Freitas Francoso - Professor Escolar      
Cornélio Vorel - Secretário da Superintendência Municipal de Curitibanos          
João Pires de Lima Sobrinho            
Francisco da Silva Santos     
Hortencio Batista dos Santos           
Avelino Rosa dos Santos - Suplente de Sub-comissário de Policia
Miguel Arnold - Negociante             
Enéas da Silva           
Herculano Xavier Nunes       
Narciso Rodrigues Machado            
Affonso Wendt         
Francisco Teixeira da Rocha.