Moradores do Alto da Tijuca agradecem administração municipal e solicitam mais melhorias para o bairro

por Assessoria de Imprensa publicado 07/08/2018 17h06, última modificação 07/08/2018 17h06
No uso da Tribuna, presidente da Associação apresentou conquistas do bairro e também novas reivindicações para os moradores do Alto da Tijuca
Moradores do Alto da Tijuca agradecem administração municipal e solicitam mais melhorias para o bairro

Presidente da Associação, Fernando José Camargo fazendo uso da tribuna

Representantes do bairro Alto da Tijuca estiveram presentes na sessão da Câmara de Vereadores de Canoinhas nesta segunda-feira, 6. O objetivo foi agradecer os investimentos feitos pelo município, como a instalação do posto de saúde e primeira etapa de asfalto na rua Bernardo Olsen, mas também apresentar mais reivindicações que visam maior segurança, melhor infraestrutura e desenvolvimento do bairro.

O presidente da Associação dos Moradores, Fernando José Camargo fez uso da Tribuna e apresentou alguns avanços e melhorias nos últimos dois anos. Também foi solicitado apoio dos vereadores em algumas conquistas e continuidade de algumas ações dentro do bairro.

Agradecimentos

Camargo apresentou alguns dados interessantes sobre as conquistas da Associação nos últimos anos. Foram destacadas, entre elas a atuação em atividades como serviços de jardinagem em prédios públicos, arrecadação de alimentos para entidades, assistência às famílias através das Missões, edição do “Natal dos Sonhos”, passeio ciclístico na Páscoa, entre outras ações.

O presidente da associação destacou que pedidos de muitos anos foram atendidos pela administração atual, como a conclusão da primeira etapa asfalto da rua Bernardo Olsen, com lombadas, faixas de elevação e pinturas, colocação de pavers nas calçadas, estando a segunda etapa do asfaltamento da rua também já em fase de conclusão.

Foi citado também a inauguração e funcionamento do posto de saúde Alvino Muhlmann, tendo em junho, em seu primeiro mês de funcionamento, cerca de 768 atendimentos realizados, e em julho realizados 391 atendimentos médicos, 95 atendimentos com enfermeira, 7 visitas domiciliares do médico e 9 da enfermeira, e mais 7 visitas da técnica em enfermagem, 360 aferições de pressão arterial, 375 medições de peso e altura, além de 20 medições de glicemia, 81 administrações de medicamentos, 82 inalações, 6 curativos, 8 retiradas de pontos, 4 testes de gravidez, entre outras ações, demonstrando a importância do funcionamento do posto no bairro.

“Soubemos que em breve estará funcionando a equipe da Estratégia de Saúde da Família, para atender a comunidade também em casa”, destacou.

Reivindicações

“Mas ainda temos outros problemas sérios a serem resolvidos, os quais queremos apresentar e solicitar ajuda nos encaminhamentos dos vereadores ao poder executivo”, destacou Camargo na apresentação das solicitações dos moradores do bairro Alto da Tijuca.

Entre os pedidos para o bairro, estão o recuo do calçamento em frente ao Centro de Educação Infantil Cecília Meirelles. “O recuo da calçada é uma ação com extrema urgência, pois as crianças que frequentam o CEI estão correndo risco, isso sem falar que o estacionamento em frente, o que hoje não é permitido, gera transtornos para os pais e comunidade que transita ali”, destacou.

Também foi solicitado a implantação da academia ao ar livre, no terreno ao lado do posto de saúde, atuação de um dentista no posto, asfaltamento da rua em frente à Escola Básica Municipal Maria Lovatel Pires, incentivo à implantação de uma empresa no novo loteamento previsto para o bairro, elaboração de projetos para asfaltar as ruas Alvino Volkmann e José Samuel Schimidt. Também foi questionado se existe algum recurso destinado de emenda parlamentar para o asfalto da rua Guilherme Gonchorovski, que liga a localidade do Parado até o bairro Alto da Tijuca.

Fala dos vereadores:

Os vereadores vão realizar os pedidos através de requerimentos e indicações para serem encaminhados ao município, solicitando as melhorias para o bairro.

Chico Mineiro (PR) destacou o trabalho da Associação do bairro. “Quero destacar a união de vocês e de estarem aqui buscando forças junto aos vereadores para que as coisas aconteçam”.

Wilmar Sudoski (PSD), que tem experiência de muitos anos à frente de Associação de bairro destacou que “o comprometimento, envolvimento e dedicação de vocês é exemplar, sendo uma associação jovem e com menos de dois anos, mas demonstram que sabem o que querem e para quem vocês representam”.

Norma Pereira (PSDB) disse que “os resultados apresentados pela Associação é a prova de que vale a pena a sociedade andar lado a lado com a administração pública, por isso vamos assinar em requerimentos e indicações para o  bairro, porque sabemos do comprometimento de vocês”.

Célio Galeski (PR) frisou que o vereador é a voz do povo. “Então nós fazemos as reivindicações, e nada mais justo que fazer esses pedidos ao executivo, que vem direto da comunidade”.

Paulo Glinski (PSD) explicou que as entidades organizadas e com reivindicações sérias tem condições de atendimento. “Os recursos estão curtos, mas é preciso se organizar, elaborar projetos e predisposição para lutar por um ideal para que as conquistas venham”.

Edmilson Verka (PR) frisou a importância da geração de renda. “No loteamento novo que está para sair no bairro, que se tenha um espaço reservado de repente, para implantação de uma empresa, para criação de empregos para comunidade”.

Telma Bley (MDB) explicou aos moradores do bairro sobre a atuação dos profissionais de saúde para o posto de saúde, destacando que o Ministério da Saúde exige que tenha profissionais atuando na unidade, como é o caso de um dentista, auxiliar de dentista e também seis profissionais agentes de saúde. “O município assinou um termo de compromisso com o Ministério da Saúde para que, quando aberta a unidade tenha todos os profissionais atuando. Acredito então que o município e a secretaria de Saúde estão resolvendo isso, pois serão fiscalizados, e é obrigatório o atendimento desses profissionais para o bairro”.

Mário Renato Erzinger (PR) concluiu as falas destacando que a Associação já está usando a tribuna pela segunda vez em menos de dois anos. “Que isso sirva de exemplo também para todas as nossas comunidades, pois a tribuna é livre para todo cidadão, e entidades que venham se manifestar, solicitar, argumentar. Que todos os bairros sigam esse exemplo”, finalizou.

Informações para imprensa:

Sérgio Teixeira da Silva – Assessoria de Comunicação Câmara de Vereadores

Fone: (47) 3622-3396

E-mail: imprensa@canoinhas.sc.leg.br

Nosso site: http://www.canoinhas.sc.leg.br/

Facebook: https://www.facebook.com/camaracanoinhas/

error while rendering plone.comments