Presidente da Câmara Célio Galeski, prefeito Beto Passos e ex-deputado Antônio Aguiar usam tribuna na primeira sessão do ano

por Assessoria de Imprensa publicado 05/02/2019 11h20, última modificação 05/02/2019 15h01
A primeira sessão ordinária do ano realizada nesta segunda-feira, 4, foi marcada por importantes discursos na tribuna.
Presidente da Câmara Célio Galeski, prefeito Beto Passos e ex-deputado Antônio Aguiar usam tribuna na primeira sessão do ano

Célio Galeski, Beto Passos e Antônio Aguiar usaram tribuna durante sessão desta segunda, 4

A primeira sessão ordinária do ano realizada nesta segunda-feira, 4, foi marcada por importantes discursos na tribuna.

Presidente da Câmara, Célio Galeski

O primeiro a fazer uso da tribuna foi o presidente da Câmara, vereador Célio Galeski (PR), destacando a razão de ter sido candidato à presidência da Câmara e da alegria em ter sido escolhido por unanimidade à frente da mesa diretiva. “Minha maneira de trabalhar é de forma que possamos dialogar e buscar soluções para a comunidade, todos juntos”.

Galeski destacou que o Poder Legislativo é independente do Executivo, “mas temos que trabalhar harmonicamente, independente de siglas partidárias e buscando o enriquecimento do debate, sempre respeitando a opinião de cada vereador, mas acima de tudo com o respeito recíproco entre nós e para com a comunidade”.

Galeski ainda fez duras críticas a pessoas que usam redes sociais com acusações levianas sobre atuação dos agentes políticos. “São pessoas que muitas vezes não contribuíram com nada para a sociedade, apenas milagrosamente dizem que tem as soluções para todos os problemas, mas sem ter real conhecimento de como resolvê-los”.

Presidente da Câmara também falou sobre o importante trabalho realizado pelo ex-deputado estadual Antônio Aguiar na Assembleia Legislativa. “Mesmo que em alguns momentos nós divergimos nas opiniões, temos que reconhecer tudo que o senhor fez durante todos esses anos pelo município e região”.

Prefeito Beto Passos

Também no uso da tribuna o prefeito municipal Beto Passos agradeceu inicialmente ao vereador Coronel Mario Erzinger, que em 2018 foi presidente da Câmara e sempre trabalhou em prol a comunidade, assim como em 2017 que esteve à frente da presidência, o vereador Wilmar Sudoski (PSD).

Para o atual presidente, vereador Célio Galeski (PR) e demais vereadores, prefeito colocou à disposição o governo e suas secretarias, que atenderão da melhor forma possível a todos. “Temos que buscar as melhores soluções para nossa comunidade, pois os problemas todos os dias aparecem. Nós sabíamos que ao assumir um cargo de tão extrema importância teríamos os momentos bons, mas também os momentos mais difíceis. Com a parceria dos vereadores e apoio da comunidade poderemos atender nossa comunidade, com um ano de muitas conquistas e avanços”.

Passos ainda elogiou a atuação do ex-deputado estadual. “Aguiar por quase duas décadas representou toda região na Assembleia, e efetivamente trouxe recursos para nossa cidade, foi um político exemplar que muito nos orgulha”.

 

Ao final, prefeito ainda destacou que torce pelo bom desempenho do estado sob o comando do governador Comandante Moisés, e o Brasil com o presidente Jair Bolsonaro “porque se o país e o nosso estado vão bem, não tenho a menor dúvida que Canoinhas continuará indo bem também”, concluiu.

Antônio Aguiar: “Sancionei 180 leis em meus mandatos”

O médico e ex-deputado estadual Antônio Aguiar também usou a tribuna durante a primeira sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Canoinhas para resumir os 15 anos de atuação como deputado, com cinco mandatos e o sancionamento de 180 leis de sua autoria. “Foi um privilégio exercer os mandatos de deputado estadual representando todo o Planalto Norte por tantos anos, os quais fiz com muita seriedade e dedicação”, destacou.

Falando de Canoinhas, Aguiar ainda destacou o bom momento que o município passa. “Mesmo com todas as dificuldades que o país enfrenta nesses últimos anos, o município avança. Exemplo disso foi que em 2018 a cidade teve um saldo positivo de 244 carteiras assinadas”, frisou.

Aguiar fez um resumo de suas atividades na Assembleia Legislativa. Foram destacadas conquistas no setor elétrico, com investimento de R$ 30 milhões na rede elétrica de Canoinhas a Papanduva e também a subestação de Itaiópolis, com investimento de mais R$ 12 milhões. Foram lembradas também as conquistas das subestações de Major Vieira, Santa Terezinha e São Bento do Sul.

Investimentos nas áreas da agricultura como a criação do fórum parlamentar da erva-mate, conseguindo a diferenciação do ICMS na produção, além da produção da bacia leiteira que está em andamento também foram destacados. “Com instituições fortes como a Epagri e Cidasc em Canoinhas podemos avançar muitos mais nesta importante área”.

Na infraestrutura foi lembrada a federalização da BR-280, onde o deputado foi o relator da lei, no trajeto de Mafra a Porto União. Sobre a SC-477 o ex-deputado comentou que o projeto não está ainda no orçamento do Estado “o que é uma pena, pois não fomos ouvidos pelos governadores que estiveram à frente do Estado nos últimos anos”.

Entre outras conquistas foram destacados o asfaltamento do Distrito de Marcílio Dias e também do município de Bela Vista do Toldo, ponte de Marcílio Dias até Três Barras, construção da ciclovia, incluindo também os recursos vindos de emendas parlamentares.  Foi citada também a criação da lei da Semana do Contestado, devido ao importante fato histórico na região.

Foi citado ainda as leis da lista de espera no SUS de sua autoria, hoje vista como referência nacional, e também o aumento de 12% para 15% no investimento do estado para saúde. Essa, que foi uma de suas bandeiras mais defendidas como deputado. Entre outras diversas conquistas, citou essencialmente para o Hospital Santa Cruz de Canoinhas, entre elas: contribuição no pagamento de 13º salário dos servidores, conquista do tomógrafo computadorizado, credenciamento da UTI, com ajuda da Universidade do Contestado, entre outros recursos financeiros direcionados ao hospital.

Aguiar ainda frisou em sua fala: “eu quero o bem do hospital Santa Cruz, não tenho interesse e nem preciso ser administrador da instituição, mas queremos que ele seja bem administrado e atenda as reais necessidades da população”, concluiu.

Estiveram presentes na sessão também os secretários de assistência social, Cintia Aguiar; de desenvolvimento econômico, Paulo Machado; meio ambiente, Hilário Kath; de habitação, Ivan Karuncho; chefe da Defesa Civil, Dário Gravi e assessor da juventude, Willian Godoy.

error while rendering plone.comments