Vereadora Zenici defende direitos da Pessoa com Autismo

por Assessoria de Imprensa última modificação 18/11/2020 08h45

Na sessão desta terça-feira, 04, a vereadora Zenici Dreher, que retornou agora em 2020 ao Poder Legislativo, utilizou a Tribuna para fazer uma “Defesa da Pessoa com Autismo”. Trazendo dados das diversas legislações vigentes, a vereadora falou da importância da garantia dos direitos legais e da Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

“Pedi para usar a tribuna por se tratar de matéria de interesse coletivo e devido a legitimidade para lutarmos pelos Autistas, pela garantia do acesso aos serviços públicos e privados com prioridade”, comentou Zenici. A primeira definição de Autismo, como um quadro clínico, ocorreu em 1943, atualmente estimativas indicam mais de 2 milhões de pessoas autistas.

Em Canoinhas cerca de 59 pessoas possuem laudo médico de Autistas e são acompanhadas pela APAE, além de outras pessoas que aguardam o diagnóstico. Em 2008 foi criado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo pela Organização das Nações Unidas, e em 2018, no Brasil o Dia Nacional de Conscientização sobre o Autismo foi instituído em 02 de abril.

Com essa visão a vereadora Zenici apresentou 5 requerimentos sobre o assunto, entre eles um indicado ao presidente da Casa, vereador Paulinho Basílio (MDB), solicitando que seja organizada uma caminhada no dia 02 de abril (Dia Mundial de Conscientização do Autismo), para sensibilização das pessoas sobre o assunto.

Outras indicações foram direcionadas ao prefeito Beto Passos, ao Diretor do Detracan, Luiz Alceu Witt, a Coordenadora do Procon Juliana Maciel, e ao Gerente de Energia, Gás e Transporte, Nilton de Sá Junior, solicitando a fiscalização com relação a identificação da prioridade devida através da fita quebra-cabeça, símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista por se tratar da garantia do acesso aos serviços públicos e privados. Regulamentados por meio da Lei Federal 13.977, que institui a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA) e Lei Estadual 17.754, que institui a referida Carteira no âmbito do Estado de Santa Catarina.

“Peço apoio a toda edilidade para que neste ano possamos realizar uma ação grandiosa nesse sentido. Temos legitimidade para garantirmos todo esse esforço em conjunto, por isso peço apoio de toda edilidade nesta matéria para que a inclusão seja tema prioritário nesta casa de leis”, finalizou a vereadora.

Stepnuh
Stepnuh disse:
09/03/2020 19h07
Where Can I Buy Cialis Online <a href=http://apcialisle.com/#>Buy Cialis</a> Acquisto Cialis Svizzera <a href=http://apcialisle.com/#>Cialis</a> Tiger King
Comentários foram desativados.